Pelé, o maior jogador de futebol da história - Foto: Reprodução
Pelé, o maior jogador de futebol da história - Foto: Reprodução

Neste sábado, dia 19 de fevereiro, comemora-se o Dia Mundial do Esportista, data em que questões primordiais sempre vem à tona: como a importância de atividade física para a saúde física e mental e a formação de valores éticos e morais do cidadão através do esporte. Essa é uma campanha especialmente importante no Brasil, já que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 47% dos brasileiros são sedentários.

O Brasil figurando como o país mais sedentário da América Latina e ocupando a quinta posição no ranking mundial. E não há motivação maior para melhorar esse índice do que trazer uma lista de 5 grandes atletas da história do esporte, que não está necessariamente na ordem.

Confira a lista:

Pelé

O “Rei do Futebol”, dispensa qualquer comentário. O maior jogador de futebol de todos os tempos ganhou 3 Copas do Mundo e fez mais de 1200 gols. Ganhou seis campeonatos nacionais pelo Santos, duas Libertadores, dois mundiais, colocou o Brasil no Mapa na década de 60 e foi eleito o melhor jogador de futebol do Século XX.

Se todos os feitos e conquistas do Rei fossem listados, a matéria precisaria ser só dele. Outro ponto que é impressionante na carreira de Pelé é a precocidade: aos 17 anos assombrou o mundo e foi um dos protagonistas na conquista do primeiro título mundial brasileiro.

Michael Phelps

Apesar de não pertencer a um esporte tão popular quanto o futebol ou basquete, por exemplo, o nadador americano é “apenas” o maior atleta olímpico de todos os tempos. Phelps é o maior medalhista com incríveis 28 medalhas em 5 edições, sendo 23 de ouro e 3 de prata e apenas 2 de bronze. Além de ter colecionado ao menos 5 medalhas de ouro nos 5 mundiais em que disputou na carreira, o tornando o atleta com mais pódios na história da natação.

O nadador, muitas vezes, parecia não ser da mesma espécie que os outros competidores e isso foi provado fisiologicamente. Em 2003, ao estabelecer o recorde mundial de 100 metros borboleta, foi feito um exame que mostrou que Phelps tinha 5,6 milimol de ácido láctico (que degrada a performance dos músculos) por litro de sangue: menos da metade do que outros nadadores de elite.

Lewis Hamilton

Dono de 7 títulos mundiais, empatado apenas com Schumacher, além de deter o recorde de mais vitórias e pole positions, com 103 em cada quesito e colecionar desempenhos memoráveis em todas condições de pista possíveis, o britânico é o melhor piloto da história. Ganhou com duas equipes diferentes ao longo da carreira e dominou a era híbrida da Fórmula 1.

Hamilton é o primeiro e único piloto negro da categoria, rompendo barreiras dentro e fora das pistas, sendo extremamente ativo nas lutas e causas sociais, com diversos programas de diversidade. E de quebra, em no final de 2021, recebeu o título de cavaleiro real da Inglaterra e agora é SIR Lewis Hamilton.

O mais impressionante é que Hamilton ainda está em atividade, ou seja, os números assombrosos ainda podem, e devem tomar proporções ainda maiores.

Michael Jordan

Outro nome que dispensa apresentações é Michael Jordan, o homem que revolucionou o jogo e colocou a NBA no mapa na década de 90. Jordan carrega uma mística que impacta a liga e os jogadores até os dias atuais. Seus números são absurdos, mas entre os principais estão: 6x Campeão, 6 vezes MVP das Finais, 5x MVP da temporada regular, 3x MVP do All Star Game, 1x Melhor Defensor, 2 Ouros Olímpicos e selecionado 14x para o All Star Game.

Além dos números principais, coleciona atuações assustadoras, como em um jogo das finais em que estava com 39° de febre marcou 38 pontos. Jordan impactou a liga fora das quadras com a sua marca “Air Jordan” que é a principal do meio até hoje e chegou a ser chamado de “Black Jesus”, Jesus Negro, por Larry Bird, um dos maiores jogadores da história.

Marta

O Brasil pode se orgulhar por ter a realeza do futebol, se Pelé é Rei, Marta sem dúvida nenhuma é a Rainha. Eleita 6 vezes melhor jogadora do mundo e maior artilheira das Copas do Mundo, incluindo o futebol masculino, com 17 gols, um a mais que o alemão Miroslav Klose.

A brasileira também quebrou barreiras fora do campo, com luta pela igualdade de gênero e maior valorização do futebol feminino. Exigindo melhores condições de categorias de base, cotas de televisão, patrocínios, e atenção do público, sendo assim, gigante em todas as esperas do esporte.

Sabemos que a lista é polêmica e certamente grandes nomes foram deixados de fora. Mas, na sua opinião, quem é o maior esportista da história?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui