O rico conjunto arquitetônico do centro histórico de Manaus ganha importante reforço a partir de 2 de fevereiro, quando o Juma Ópera abre suas portas ao público. O complexo do hotel-boutique é formado por dois casarões tombados e restaurados e dois prédios construídos no mesmo estilo, e tem vista para o Teatro Amazonas, obra-prima inaugurada em 1896, durante o Ciclo da Borracha.

A Amazônia é apontada pelas principais publicações de turismo como tendência de destino a ser visitado em 2020, e uma parada em Manaus também representa a oportunidade de conhecer cartões-postais da região, como o Mercado Municipal e o Palácio Rio Negro, construídos à moda francesa durante os anos de prosperidade econômica do estado.

Juma Ópera

Hospedar-se no Juma Ópera é a chance de estar ao redor de todo esse patrimônio cultural, desfrutando do conforto de uma acomodação de categoria superior. O hotel conta com ambientes com pé-direito altíssimo, bar, restaurante, rooftop com piscina, academia e espaços para reuniões e eventos. Sua arquitetura ficou por conta de Roberto Vinograd, enquanto a decoração de ambientes é assinada por Debora Aguiar.

Cuidadosamente decoradas em tons pastéis, as 41 suítes possuem ar-condicionado, acesso à internet sem fio, frigobar e TV, além de portas e janelas tratadas acusticamente. Algumas também contam com banheira.

Juma Ópera

A gastronomia promete ser um dos pontos altos da hospedagem. Sob a cúpula de ferro e vidro, o restaurante Ópera será o espaço para as criações da chef Sofia Bendelak, que assinará os cardápios. Com refinamento e criatividade, a cozinha proposta por ela combina pratos regionais e internacionais. Entre os amazônicos, destaque para Trouxinhas de pato com velouté de Tucupi; Ceviche de Aruanã com Leite de Tigre Amazônico e chips de legumes; Filé de Pirarucu fresco com crosta de castanha, purê de banana pacovã picante e legumes confit; e Picanha com Tucupi Negro, arroz de leite de castanha e farofinha de tostado de bacon.

Já entre as receitas clássicas estão Costeletas de Cordeiro Oriental com Cuzcuz Marroquino, Bombom de Alcatra com Rosti de batata e farofa de ovo; e Verdes da Mata na Telha de Parmesão. As sobremesas também primam pelo sabor e beleza. Algumas das opções são Texturas de Chocolate Amazônico, Mil Folhas de Tapioca com coco e formiga Dessana; e Profiteroles com Sorvete Amazônico e Calda Morna de Chocolate de Origem.

Juma Ópera

A integração com o Teatro Amazonas será total. Além de painéis solares e fiação embutida para valorizar a vista ao símbolo da cidade, haverá som ambiente nas áreas comuns com músicas que remetem a ele. Também serão feitas parcerias com os músicos residentes para apresentações de música ao vivo no hotel.

Para completar, o atendimento promete ser de primeira linha e realmente personalizado. Os funcionários estão entre os melhores do mercado e sob o comando do Gerente Geral Rodrigo Dezan Cunha, que possui mais de 20 anos de experiência nos mais diversos setores da hotelaria, como Operações, Alimentos & Bebidas e Eventos. Cunha fez a implantação do Hotel Unique São Paulo e do Super Clubs Breezes Búzios e comandou por anos grandes empreendimentos como Summerville Beach Resort e Transamérica Ilha de Comandatuba. Também foi responsável pela recepção de autoridades e chefes de Estado e pela organização e catering de grandes eventos como a Fórmula 1 na capital paulista.

O Juma Ópera fica na Rua 10 de Julho, 481. O site jumaopera.com.br entra no ar em breve com estas e mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui