O Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, lançou na quarta-feira, 20 de janeiro, uma campanha publicitária para mostrar aos brasileiros a capacidade do país de promover uma camapanha de vacinação contra a Covid-19. Com duração de um minuto, o filme mostra um conteúdo em formato de protesto, evidencia as desigualdades sociais e geográficas, juntamente com a estrutura de logística usada para a distribuição das vacinas autorizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O conceito “Brasil imunizado. Somos uma só nação”, está presente no filme e reúne uma pessoa de cada região do país simbolizando a grandiosidade da nação, ao mesmo tempo que representa as dificuldades de realizar uma campanha de vacinação tão gigantesca e cheia de regras. A primeira cena mostra um idoso do sertão em sua casa, tirando uma viola de seu armário e afinando as cordas do instrumento, vizualizando fotos dos amigos, como uma espécie de simbolismo onde o senhor estaria se preparando para voltar a vê-los.

FilmeManifestoCampanhaVacina1
Imagem: Divulgação

O desafio

Vacinar os brasileiros vai além da saúde, pois trata-se de uma questão social e econômica. O texto do filme ressalta “O Brasil é gigante” e por isso os desafios são tão maiores quanto. As imagens de uma médica com equipamentos de proteção segurando a mão de um paciente, de uma comerciante e de uma professora, são intercaladas com a de uma laboratório de pesquisa e de operação de logística envolvendo membros da aeronáutica, marinha e exército.

Imagem: Divulgação

Também são mostrados trechos transportando a vacina em aviões e caminhões, além de imagens de profissionais da área da saúde sendo vacinados e pessoas utilizando o aplicativo do Conecte SUS.

Imagem: Divulgação

Estratégia por trás da campanha 

Imagem: Divulgação

A campanha foi lançada como uma estratégia de comunicação para reafirmar o compromisso do Ministério da Saúde em distribuir a vacina para todo o Brasil. Ao decorrer do filme, é possível notar trechos que ressaltam que a vacinação “vai devolver a confiança para que o sertanejo da primeira cena volte a fazer rodas de viola com seus amigos, para que os médicos possam salvar vidas e professorem voltem às salas de aula”.

Segunda parte 

Imagem: Divulgação

Após a liberação deste filme com o manifesto, está programado para iniciar a veiculação da segunda fase da campanha com a convocação dos grupos prioritários para a vacinação. Por definição do Ministério da Saúde, o primeiro grupo inclui idosos a partir de 60 anos, pessoas com deficiência que vivem em instituições, a partir de 18 anos; profissionais da saúde na linha de frente e população indígena vivendo em terras indígenas. A campanha também incentiva a população a baixar o aplicativa Conecte SUS para se informarem sobre a unidade de saúde onde haverá vacinação em sua respectiva cidade.

Assista ao filme.

FICHA TÉCNICA:

Agência: nova/sb

Cliente: Ministério da Saúde

Campanha: Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 em 2021

Direção de Criação: Thomaz Munster

Direção de Arte: Ygor Morato e Adolfo Palhares

Redator: Claudio Leite e Ana Alvarenga

Estratégia digital: Seiki Fabrício

Atendimento Agência: Ana Paula Terra e Paula Passador

dia: Estanley Cunha, Thiago Araújo, Amanda Almeida, Artur Barros e Erica Castro

Planejamento: Fernanda Siqueira e João Henrique Alves

Produção gráfica: Ticiana Rocha e Jadson Douglas

RTV: Sayuri Hirako, Rafael Sousa e Vando Oliveira

Gestor de Projetos: Thiago Ramos

Filme “Manifesto”

Produtora de vídeo: Bumerangue Produção
Diretor de cena: Thiago Santos Lima Artimonte
Diretor de Fotografia: Alberto La Salvia

Finalização: Lucas Liberato

Produtora de áudio: Elos Estúdio

Diretor musical: Dito Martins
Mix e Sound design: Flávio Souza

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui