O Ministério da Saúde informou que o procedimento para buscar dois milhões de doses da vacina Astrazeneca/Oxford contra o novo coronavírus na Índia, está em andamento. O voo da empresa aérea Azul, contudo, sairia do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), às 13h desta quinta-feira (14) com destino ao Recife (PE), onde partiria direto com destino à cidade indiana Mumbai. A previsão de chegada das vacinas no Brasil era neste sábado (16).

Foto: Divulgação

O voo foi adiado para amanhã sexta-feira (15) com saída do Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes, às 23h (horário de Brasília) direto para o Aeroporto de Mumbai, na Índia. O voo da aeronave da empresa aérea Azul com saída do Aeroporto Internacional Viracopos, em Campinas (SP), ainda está mantida. “A aeronave deve chegar à capital pernambucana à noite”, comenta a compainha em nota.

O motivo do adiamento, de acordo com a Azul, foi “devido a questões lojísticas internacionais”. A aeronave modelo Airbus A330neo deve carregar em torno de 15 toneladas com a carga de vacinas da Astazeneca/Oxford, produzida pelo Instituto Serum, na Índia.

A previsão da chegada do voo, portanto, ainda não foi divulgada porém a previsão do Ministério da Saúde é de que as doses da vacina sejam enviadas aos estados para o início da vacinação imunizante em até cinco dias após aprovação emergencial da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). No próximo domingo (16), a Anvisa também se reunirá para analisar o pedido emergencial do usa da vacina que virá da Índia, apresentado pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) e pelo laboratório Sinovac, a CoronaVac.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui