Um projeito desenvolvido pela Converse, chamado Converse City Forests, é uma ação global da empresa que confecciona murais de arte urbana com uma tinta especial, fotocatalítica, que ajuda a purificar o ar das cidades. Na região do Minhocão, uma das áreas com maior número de emissão de CO2 da ciade, foi feita a primeira fase do projeto com um mural, feito pelos artistas Rimon Guimarães e Nazura, de 777m2 de área pintada com tinta fotocatalítica. Isso equivale a 750 árvores plantadas em um prédio. O objetivo da Converse é pintar mais de 14.000 m2 de murais ao redor do mundo, que somando equivalem o plantio de aproximadamente 40.000 árvores.

Sao Paulo artwork image
São Paulo Artwork. Imagem: Divulgação

O próximo passo da marca é espalhar diversas artes sustentáveis pela cidade, distribuindo arte e cultura, levando temas a se abordar e com importância que promovem romper barreiras, além de, purificar o ar de diferentes áreas de São Paulo. No total, serão pintados 60 murais ao redor da cidade que equivalem a 60 árvores. Com pinturas dos artitas selecionados da comunidade criativa da Conversa, os All Starts,  Lucas Fidelis, Vitória Leona e Lucyfer Eclipsa foram escolhidos para criar painéis com temas de questões de gênero, raça e povos originários.

Países como Austrália, África do Sul, Chile, Peru, Polônia, Tailândia, México e Filipinas também fazem parte do circuito global do projeto Converse City Forests.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui