De fora da mostra , já é possível perceber que o verde é protagonista. A conexão entre decoração e natureza guiou a 23ª Campinas Decor e inspirou os 74 profissionais a trazerem um ar de templo para a casa da edição. Instalada na Fazenda Argentina, patrimônio da Unicamp, a mostra contou com 41 ambientes internos e externos em uma área de 12.650 metros quadrados, a maior de todas as edições. “A natureza inspira novas formas de morar. Hoje, a tendência é que as pessoas fiquem cada vez mais em suas casas, por isso, essa conexão entre o verde e a decoração é essencial”, conta Stella Tozo, uma das diretoras da mostra.

A Campinas Cafe conferiu cada ambiente e destacou cinco tendências para te inspirar!

 

Cores neutras

Com a natureza como linha condutora da inspiração dos expositores, os tons neutros estiveram presente na maioria dos ambientes. Atemporais, eles ampliam o espaço, traduzem tranquilidade e harmonizam com os tons de verde dos elementos naturais.

 

 

Acabamento rústico

Paredes que parecem inacabadas ou sem pintura e revestimento reinaram na mostra justamente por traduzirem um ar rústico, que harmoniza com a natureza e rompe as barreiras entre ambientes internos e externos. Tijolos e cimentos foram utilizados em quartos, jardins e salas.
*Detalhe para o quadro do artista baiano Kiolo, Banquete, no ambiente Adega, que foi o primeiro detalhe e objeto escolhido pelas profissionais para compor o espaço.

 

 

Madeira

Com referências dos troncos de árvores, móveis, paineis e outros detalhes da marcenaria trouxeram uma atmosfera acolhedora e confortável, que fazia completo sentido ao lado dos tons neutros e dos acabamentos rústicos. Apesar de contemporânea, a casa trazia elementos icônicos de fazendas com a funcionalidade da era tecnológica.

 

 

Cores vibrantes

Como as cores neutras prevaleceram nos ambientes, pontos de contraste são bem-vindos para criar um universo divertido, alegre e nada monótono. Vermelho, amarelo, azul e laranja são exemplos de objetos que se transformaram em estrela do espaço pelo destaque de sua cor.

 

 

Teto decorado

As paredes deram espaço para o teto brilhar. Afinal, ele geralmente é lembrado apenas para pendurar um lustre ou algum pendente. Os arquitetos da vez mostraram que é possível deixá-lo mais atrativo. Destaque para tecidos, ripas de maideira e até pratos que fizeram os visitantes olharem para cima e pensarem em novas utilidades para o teto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui

três × um =