No mundo, ela só perde para a laranja. Por aqui, ela chegou e dominou. A banana é um dos alimentos mais produzidos e a fruta mais consumida no Brasil, mas sua origem é asiática. Trazida pelos portugueses no início do século XVI, ela é altamente nutritiva e faz sucesso com os sabores de seus diferentes tipos. “Esse megaalimento é uma fonte inesgotável de potássio, manganês, vitamina C, cobre e vitamina B6, além de não conter colesterol”, explica a cirurgiã plástica, especialista em longevidade e medicina functional, Cíntia Rios.

Capaz de trazer sensação de saciedade, ela é incluída no menu dos brasileiros tanto em pratos salgados, quanto doces, em todas as suas formas, sendo a in natura sempre a melhor opção de consumo. “As diferenças são sentidas no sabor, tamanho e na textura. Os nutrientes se mantêm independentemente do tipo de banana, e auxiliam no controle da pressão arterial, na saúde dos olhos, na digestão e em problemas musculares, além de melhorar pele e ossos”, explica.

Tipos e seus benefícios

Banana* Banana prata – Campeã de vendas, a prata está no topo da lista de preferência dos brasileiros. “Saborosíssima, versátil e barata. De todas elas, é a segunda mais rica em potássio”, conta Cíntia.

 

 

 

Banana* Banana-da-terra – Consumida normalmente cozida ou frita, esse tipo também faz sucesso no país. “Ela é a maior de todas: chega a ter 26 centímetros e pesar quase 500 gramas por unidade. É a que mais tem carboidratos e calorias, e por isso, é uma excelente fonte de energia”, completa.

 

 

 

 

Banana* Banana nanica – O nome vem da sua árvore, essa sim, muito pequena. “Também conhecida como banana-d’água, é a mais indicada para substituir ovos em doces e fazer parte de receitas veganas”.

 

 

 

Banana* Banana maçã – Com gosto peculiar, ela reparte opiniões. “É o tipo de banana com menor teor calórico, ideal para quem segue dietas de emagrecimento, e também a variedade que mais tem proteínas e fibras, além de manganês e fósforo”, afirma a médica.

 

 

 

BananaBanana-ouro – Essa é a variedade com menor tamanho, medindo aproximadamente 10 centímetros. “Com níveis muito baixos de gordura e sódio, é indicada para pessoas que têm problemas cardíacos e renais”.

 

 

 

 

 

Poder da casca

Banana

De acordo com a médica, a casca da banana tem tantos nutrientes quanto a própria fruta. Para consumi-la, a dica é higienizá-la ainda verde, congelar por até sessenta dias e usá-la para receitas doces e salgadas.

Biomassa

Por quase não ter gosto, a biomassa é feita a partir do cozimento de bananas verdes e utilizada para substituir creme de leite, leite condensado e maionese. “Essa massa é uma grande aliada para pessoas que querem perder peso, pois além de absorver glicose, tem poucas calorias. Além disso, previne infecções intestinais e combate a depressão ”, explica Cintia.  Recomenda-se o consume diário de duas colheres de sopa.

Brigadeiro de Biomassa

Use a massa fria. Não congele.

Banana

Ingredientes

  •   Biomassa de 2 bananas verdes
  •   5 colheres de sopa de açúcar mascavo
  •   3 colheres de sopa de cacau em pó
  •   1 colher de chá de manteiga
  •   5 gotas de essência de baunilha

Modo de Preparo:

Bata tudo no liquidificador e coloque em uma vasilha. Molde os brigadeiros e substitua o granulado tradicional por amêndoas trituradas. Para que a consistência fique mais firme, deixe os brigadeiros na geladeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

13 − doze =