Coração Materno
Foto: Gustavo Olmos

Nos dias 7 e 8 de agosto, o Teatro Castro Mendes será palco do espetáculo “Coração Materno”, que une pela primeira vez a Cia do Circo e Escola Livre de Teatro em uma mesma produção. Inspirada na música composta por Vicente Celestino, em 1937, a peça foi escrita por J. Silva, em 1946, e trata de uma das obras mais representativas do melodrama brasileiro. O projeto é idealizado e dirigido por Carla Hossri e visa resgatar a dramaturgia do circo brasileiro. A direção circense é de Alex Brede.

Na história, um rapaz que está cego pela paixão diz para a amada pedir o que quiser como prova de seu amor. A jovem pede então que ele traga o coração da mãe do rapaz. Mas, ela não imaginava que seu amado seria capaz de tamanha loucura. “O texto é original, mas trouxemos uma contemporaneidade para o espetáculo. Foi um processo de construção em que o circo entra dentro da narrativa e ajuda a contar a história. Trata-se de um espetáculo, dinâmico, divertido e poético. Em muitas cenas o público vai rir e se emocionar”, conta a diretora.

Coração Materno é permeado por belas canções de consagrados artistas da Música Popular Brasileira como Chiquinha Gonzaga, Angela Maria, Zequinha de Abreu, Vicente Celestino e outros. Além das músicas, uma banda ao vivo pontua todo o espetáculo. “Em nosso Coração Materno, uma narradora lírica abrirá os três atos, reservando aos participantes boas surpresas”, completa Carla.

Coração Materno

Números circenses como malabares, contorcionismo, trapézio, lira e entradas de palhaço juntam-se às cenas do espetáculo. “Foi muito enriquecedor e desafiante unir circo, teatro, música. O público vai perceber que não é uma simples peça. Trouxemos uma tradição que é o circo-teatro com novos olhares do teatro, do circo, da música. Introduzimos novidades, mas sem perder a essência. Preparamos atores que não tinham a experiência do circo fazendo conexões de arte”, destaca o diretor circense Alex Brede.

Para a montagem do espetáculo os atores foram escolhidos em audição e desenvolveram e aprimoraram seus talentos circenses. Vale destacar que a iluminação trará a atmosfera do circo antigo, romântico, com ribalta e cores.

Outro detalhe importante é que o espetáculo será oferecido ao palhaço Tubinho e aos irmãos Almeida, circo do Bombril e ao circo-teatro Guaraciaba. “O palhaço Tubinho e essas famílias circenses são referências e nos ajudam a manter viva essa tradição do circo-teatro no Brasil. Nada mais justo lembrarmos da contribuição deles para a arte”, conta Claudia Orteney, diretora da Cia do Circo e produtora geral do espetáculo.

Coração Materno tem adaptação e direção Carla Hossri e direção circense: Alex Brede. Realização Cia do Circo e Escola Livre de Teatro.

Serviço:

Espetáculo: Coração Materno
Quando: dias 7 e 8 de agosto
Onde: Teatro Castro Mendes
Horários: dia 7, às 21h e dia 8, às 18h e 21h
Preço: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) no Castro Mendes ou antecipado R$ 30 (inteira) ou R$ 20 meia na Cia do Circo e na Escola Livre de Teatro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui