Para favorecer a presença das mulheres na área de tecnologia, a Share RH anuncia o “Women Can Code”, um programa gratuito e exclusivo para mulheres, com o objetivo de inseri-las no universo das linguagens de programação. Com o lançamento previsto para o dia 15 de junho, sábado, às 8h, no auditório da FACAMP, em Campinas, a iniciativa oferecerá às mulheres a oportunidade de aprender Java, Python e PHP, três das principais linguagens de programação exigidas pelas empresas de tecnologia da informação.

A linguagem de programação é um padrão de comunicação para os computadores e também para celulares. Considerando a vocação tecnológica da Região Metropolitana de Campinas (RMC), o “Women Can Code” vai atender a demanda das empresas por profissionais com conhecimentos destas linguagens e aumentar a presença das mulheres no mercado de tecnologia.

Tâmara Bittencourt, consultora da Share RH para gestão de pessoas e diversidade, detalha a metodologia adotada no programa. “Nós optamos por trabalhar com a Education Recruting, que combina formação prática em um curto período para resolver diferentes desafios na formação de profissionais e viabilizar contratações que não eram possíveis, por conta da falta de mão de obra qualificada. Nossa escolha leva em conta uma perspectiva de longo prazo para favorecer a igualdade entre homens e mulheres nas empresas”, explica a executiva. Ela acrescenta que a Share RH já tem planos para levar a iniciativa a outras cidades ainda esse ano e repeti-la em Campinas em 2020 com impacto ainda maior.

Share RH
Luiz Eduardo Drouet – Share RH

A primeira edição do “Women Can Code” disponibilizará 25 vagas. As inscritas passarão por um processo seletivo e as aprovadas participarão de um total de 84 horas/aula, que acontecerão até o mês de setembro de 2019. O início das aulas está previsto para o dia 1° de julho. As atividades serão gratuitas, incluindo materiais didáticos, atividades práticas e teóricas sem qualquer custo para as participantes.

Além de sanar uma “dor” dos clientes com a falta de profissionais com conhecimentos nas linguagens de programação, a Share RH tem o valor compartilhado em recursos humanos como uma premissa. “Gerar valor de forma equilibrada entre os homens e mulheres significa a materialização desse posicionamento da empresa. Nossa busca é por compartilhar nosso valor com todos os nossos públicos estratégicos”, analisa Luiz Eduardo Drouet, sócio-fundador da Share RH, empresa especializada em recrutamento e seleção de profissionais, além de idealizadora e realizadora do “Women Can Code”.

 Lançamento do “Women Can Code”

O lançamento programa “Women Can Code” acontecerá no dia 15 de junho, sábado, às 8h, no auditório da FACAMP, em Campinas. Na programação constam três painéis de palestras com mulheres que trabalham no mercado de tecnologia, seja como empreendedoras ou colaboradoras de grandes empresas.

No evento de lançamento, serão apresentados oito vídeos de sensibilização do programa e divulgados os posts sobre mulheres com a trajetória em tecnologia para inspirar outras mulheres. Também serão apresentadas as empresas patrocinadoras, Caiena, Dextra, Enforce, Padtec, PJ Bank, Superlógica, Venturus, Wavy Global Wide Software, que viabilizaram o programa.

Para participar do evento no dia 15 de junho, basta se inscrever gratuitamente por intermédio do link: womencancode.com.br. O auditório da FACAMP está localizado na Avenida Alan Turing, 805, Cidade Universitária, Campinas.

Serviço:

Dia: 15 de junho
Horário: às 8h
Endereço: FACAMP – av. Alan Turing, 805 – Cidade Universitária, Campinas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui