Pulmão inflável gigante alerta população de Campinas para o Dia Nacional de Combate ao Fumo

Protótipo de mais de 6 metros de altura estará na varanda do Instituto do Radium, a partir de segunda (24), em ação promovida pelo Grupo SOnHe

0
177

De maneira responsável, o Grupo SOnHe – Sasse Oncologia e Hematologia alerta a população de Campinas para Dia Nacional de Combate ao Fumo, celebrado em 29 de agosto, em uma ação diferente. De 24 a 29 de agosto, quem passar em frente do Instituto do Radium, localizado na Avenida Dr. Heitor Penteado, 1.780, verá um pulmão inflável gigante, com parte dele demonstrando doenças causadas pelo ato de fumar e pela exposição passiva ao fumo. São mais de seis metros de altura de um protótipo do órgão instalado em uma varanda, com o objetivo de lembrar os malefícios causados pelo cigarro, entre eles o câncer de pulmão.

“Um dos pilares do Grupo SOnHe é a disseminação de informação e conscientização da comunidade sobre os diversos tipos de cânceres, que muitas vezes podem ser evitáveis com uma vida saudável. Devido à pandemia, não pudemos levar o pulmão para o centro da cidade, como fizemos no ano passado; mas de forma lúdica vamos lembrar de uma data importante de combate ao fumo, inflando o pulmão gigante em um local tradicional,no entorno da Lagoa do Taquaral, com grande circulação de pessoas. O protótipo pode ser visto por quem estiver caminhando ao redor da Lagoa”, explica Renata Sasse, Diretora Executiva do Grupo, que também publicará uma série de vídeos de especialistas nas redes sociais do SonHe, alertando o público virtual para os malefícios do cigarro.

Segundo o oncologista do Grupo, Vinicius Conceição, o tabagismo e a exposição passiva ao tabaco são importantes fatores de risco para o desenvolvimento de tumor no pulmão. Em cerca de 85% dos casos diagnosticados, o câncer de pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco. “Os pacientes que fumam têm em média 14 anos a menos de expectativa de vida em relação aos que não fumam. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, 7 milhões de mortes ao ano ocorrem por doenças causadas pelo cigarro, sendo 12% dessas mortes em fumantes passivos. Só no Brasil são 400 mortes por dia pelo tabaco, o que causa um impacto gigantesco na saúde e na economia, visto que muitas pessoas atingidas são jovens e ainda economicamente ativas, além de um grande custo para o sistema de saúde público com gastos bilionários em tratamentos de doenças tabaco relacionadas”, afirma o especialista.

Serviço:

Pulmão gigante inflável em prol do combate ao fumo
Data:24 a 29 de agosto
Local:Instituto do Radium – Av. Dr. Heitor Penteado, 1.780. Campinas-SP

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui