Publicidade
mindful eating
             @grazicaproni

Por Grazi Caproni

Tomar chá diariamente é um bom hábito para acelerar o metabolismo, desintoxicar, melhorar a digestão, concentração, TPM, reforçar a imunidade e até mesmo dar aquele empurrãozinho no emagrecimento. Mas, para isso é preciso saber combinar as ervas.

Você pode consumir até quatro xícaras por dia, observando as ervas mais indicadas para consumo durante o dia e aquelas para antes de dormir. Caso queira misturar mais de três ervas na mesma xícara, atenção, pois o uso de muitas plantas de uma só vez faz com que elas entrem em competição, diminuindo o efeito uma da outra. E o objetivo é justamente o contrário: permitir que elas trabalhem em sinergia, aumentando o efeito benéfico do chá.

Procure adquirir as ervas em lojas especializadas, que garantam o manuseio e armazenamento corretos das plantas e dê preferência às orgânicas. Escolha uma erva de cada grupo geral abaixo e prepare seu chá recheado de benefícios.

TERMOGÊNICAS

Aceleram o metabolismo, aumentando a queima de calorias e, consequentemente, de gordura. Algumas também têm ação lipolítica (“quebram” a molécula de gordura já acumulada no organismo), além de reduzir os níveis de colesterol. Boldo, carqueja, chás verde, branco e vermelho (Camellia sinensis), casca de laranja amarga (Citrus aurantium), pimenta Caiena são algumas indicações.

DESINTOXICANTES

Ação de limpeza. Capturam e eliminam pela urina a gordura e as toxinas que sobram do processo metabólico, atrapalham o bom funcionamento do sistema linfático e emperram a eliminação de peso. As ervas desse grupo também reduzem a formação de gases. Exemplos: Alecrim, bardana, camomila, capim-cidreira, cardo-santo ou cardo-mariano, centelha, coentro, dente-de-leão, erva-doce, espinheira santa, guaçatonga, hortelã e sálvia.

DIURÉTICAS

Favorecem o trabalho dos rins na filtragem da linfa (líquido que carrega as impurezas para fora do organismo). Isso facilita a eliminação das toxinas pela urina e combate o inchaço. Alguns desse grupo são: Alfafa, borragem, cabelo de milho, cavalinha, quebra-pedra, hibisco.

COMBINAÇÕES SUGERIDAS

  1. Chá branco + hibisco + carqueja: a mistura exerce ação desintoxicante, auxiliando na eliminação de toxinas e gordura, além de melhorar o funcionamento do intestino.
  2. Dente-de-leão + centelha + alfafa: com alto poder diurético, drena o excesso de líquidos e ajuda a “varrer” as toxinas.
  3. Chá verde + boldo + cavalinha: potente termogênico, acelera a queima de gordura. Também auxilia na limpeza das toxinas, fazendo o organismo responder melhor às mudanças saudáveis no cardápio.

PARA A NOITE e melhora do sono, OPTE POR ervas do grupo “Desintoxicante”, incluindo também as opções CALMANTES / SEDATIVAS a seguir:

– Mulungu (Erythrina mulungu) OU passiflora (Passiflora incarnata) OU valeriana (Valeriana officinalis).

Dica 1: alguns chás são amargos, para melhorar seu sabor, combine-o com cascas de frutas como abacaxi, limão, laranja ou maçã. Evite adoçar.

Dica 2: em épocas frias, acrescente canela em pau (1-2 cascas) e gengibre (cerca de 1-3 rodelas descascadas). Ambos são alimentos termogênicos.

Dica 3: observe os sinais e sintomas do seu corpo após o consumo do chá – alguns sentem desconforto gástrico com o chá verde por exemplo, outros ficam acelerados e com calor usando o gengibre ou até com dor de cabeça com a casca de laranja ou limão. Isso se deve a características individuais de cada organismo. Se é gestante, lactante ou se fizer uso de alguma medicação controlada, peça orientação para seu nutricionista e/ou médico.

MODO DE PREPARO

Para flores e folhas faça infusão, ou seja, ferver a água, desligar o fogo, colocar as ervas e abafar por cerca de 10 minutos. Para raízes e cascas utilize a decocção: as coloque na água e deixe ferver por 8-10 minutos.

Use 1 colher de sopa de cada erva para 1 xícara grande (300ml) de água filtrada. Para o recipiente, prefira de vidro ou porcelana. Metais como inox ou alumínio podem interferir negativamente nas propriedades do chá. Coe e beba frio ou quente, pré-refeição ou nos intervalos, NÃO ADOÇADO! Faça apenas a quantidade de chá que você vai consumir no dia. De um dia para o outro, a bebida perde as propriedades fitoquímicas e deixa de promover os efeitos esperados. Um brinde à saúde com uma boa xícara de chá!

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui