O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) preparou alguns conteúdos digitais para continuar levando arte ao público enquanto estiver fechado.
A partir de 6 de abril, toda segunda e sexta-feira, às 18h, seguidores poderão acompanhar lives no Instagram do @masp com conversas entre curadores do museu e convidados.
A primeira edição, que acontece na próxima segunda, 6 de abril, terá o encontro de Adriano Pedrosa e Lilia Schwarcz, diretor artístico e curadora-adjunta de histórias do museu, em torno das histórias no MASP, noção plural e polifônica que guia a programação do museu anualmente desde 2016. Esse termo, em português, abrange tanto a ficção como a não ficção, as narrativas pessoais, políticas, econômicas, culturais e mitológicas.

Além dos conteúdos habituais nas mídias digitais do museu (como os #TBTs que resgatam momentos históricos), a nova série masp [curadoria] em casa leva ao Instagram, Facebook e Twitter comentários de curadoras e curadores sobre uma imagem relacionada ao museu a partir de uma perspectiva pessoal. Pode ser uma obra, um detalhe da arquitetura, uma exposição, uma atividade, uma palestra ou um seminário, do passado recente ou remoto.

MASP promove lives
Foto: Eduardo Ortega

Já o MASP Áudios, aplicativo gratuito disponível para download, reúne cerca de 170 comentários feitos por curadores artistas, professores, pesquisadores e crianças sobre as obras mais icônicas do acervo. Está disponível para download na App Store e no Google Play.

O canal do YouTube traz os vídeos de seminários e palestras, entrevistas com os artistas e outros detalhes sobre algumas exposições. No Google Arts & Culture ainda é possível fazer um tour virtual e explorar a exposição permanente do MASP, o “Acervo em Transformação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui