Refinado, renovado e com uma tecnologia que oferece toda assistência necessária para o motorista, a Ranger 2020 chega ao mercado com novas atualizações, mas sem aumento de custo do veículo. O automóvel é composto por: sistema de frenagem autônoma com detecção de pedestres, reconhecimento de sinais de trânsito, faróis baixos de xênon com luzes diurnas de LED, além de piloto automático adaptativo e sistema de permanência em faixa.
Segundo o vice-presidente de Assuntos Corporativos, Comunicação e Estratégia da Ford América do Sul, Rogelio Golfarb, a picape possui mudanças na grade, para-choque, faróis principais e de neblina, além do acabamento e materiais na cabine.

Ford lança Ranger 2020

“A nova Ranger traz um profundo refinamento, um impacto grande no design, do ponto de vista técnico e de equação de valor para o consumidor, no qual dá um salto enorme e oferece mais por menos. É um ganho considerável no custo-benefício, não só na hora da compra, mas também na manutenção, para esse consumidor exigente que conhece o mercado e o produto”, afirma Golfarb.
O veículo possui uma área tecnológica, com um assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestre, que funciona em velocidade de 5km/h a 80km/h com auxílio de duas câmeras e um radar. Ao identificar um veículo parado ou pedestre à frente, a picape emite um alerta para o motorista preparar os freios para uma frenagem rápida. Caso o motorista não realize nenhuma ação, o automóvel aciona os freios automaticamente e evita ou reduz os danos de uma colisão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

vinte − um =