Em novembro, o MIS apresenta sua nova exposição “Musicais no Cinema”. Concebida pelo Musée de la Musique – Philharmonie de Paris, a mostra traça um panorama sobre o universo do gênero musical no cinema nacional e internacional desde os primórdios do cinema musicado até o premiado “La La Land(2016) e “Rocketman(2019), cinebiografia de Elton John.

A partir de fotografias, vídeos, cartazes, documentos de produção, figurinos e depoimentos, a mostra reúne filmes musicais de diferentes partes do mundo, destacando marcos para o gênero, como “Cantando na Chuva (1952), “Amor“, “Sublime Amor (1961) e “Dançando no Escuro (2000). A curadoria do pesquisador N. T. Binh e a adaptação da exposição para o MIS foi desenvolvida pelo jornalista e cineasta Duda Leite, que acrescentou espaços e conteúdos inéditos baseados na cultura brasileira, como “Assim Era a Atlântida, dedicada ao maior estúdio cinematográfico do Brasil do gênero musical, e uma área que homenageia a atriz e cantora Carmen Miranda.

“Com a adaptação curatorial da exposição, pretendemos apresentar um amplo painel da produção de filmes musicais produzidos no Brasil, desde 1927 até 2019, com destaque especial para alguns movimentos e estúdios cinematográficos”, explica Duda. “Carmen Miranda, a “brasileira mais famosa do século XX”, e nossa estrela maior dos musicais, ganhará um espaço dedicado só para ela, com exibição de trechos de seus musicais clássicos – como “Entre a Loura e a Morena” (1943), de Busby Berkeley, e “Uma Noite no Rio” (1941), de Irving Cummings -, além de uma seleção especial de objetos usados nos filmes. Não poderia faltar, é claro, itens pessoais, dentre eles um dos seus icônicos turbantes”.

Exposição Musicais

Diversos filmes musicais de diferentes partes do mundo estão contemplados na exposição que conta com acervo da Philharmonie de Paris, itens originais do acervo do MIS e de coleções parceiras como Cinemateca Brasileira e Museu Carmen Miranda, entre outras. Dentre os itens, a mostra contempla cartazes, vídeos, documentos de produção, figurinos, curiosidades sobre as montagens, tanto de ponto de vista técnico como estético, além de depoimentos gravados exclusivamente para a exposição no MIS.

O projeto arquitetônico da exposição, realizado pela Caselúdico – parceira do MIS em mostras como O mundo de Tim Burton, Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição e Quadrinhos – sugere uma imersão na atmosfera de cada filme. Musicais no Cinema ainda destaca figuras marcantes do gênero como Fred Astaire, Jacques Demy, Julie Andrews, Cyd Charisse e John Travolta.

A mostra ocupa os dois pavimentos expositivos do MIS e conta com uma extensa programação paralela que envolve mostras de cinema, cursos, workshops, palestras e atividades infantis.

Serviço

MUSICAIS NO CINEMA
Data:
13 de novembro de 2019 a 16 de fevereiro de 2020
Horário: Terças a sábados, das 10h às 20h (com permanência até 22h); domingos e feriados, das 10h às 19h (com permanência até 21h)
Ingresso:
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Ingressos antecipados à venda no site da Sympla
Entrada gratuita às terças-feiras e para crianças até cinco anos
Classificação indicativa: livre

Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo| (11) 2117 4777 | mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 18
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

16 − dois =