No Brasil, o setor de viagens de lazer começa a sair da quarentena, dando sinais de retomada gradativa, principalmente impulsionada pelo turismo doméstico, com a mobilização de operadoras de viagens, hotéis, resorts, pousadas e atrativos seguindo protocolos de segurança.

De forma mais tímida, o turismo internacional para brasileiros segue em quarentena com boa parte do mundo com fronteiras fechadas. Atualmente, somente 37 destinos internacionais estão com fronteiras abertas para brasileiros. Um deles é Dubai, nos Emirados Árabes, que saiu na frente sendo hoje um dos locais mais preparados para receber turistas neste período.

Dubai foi um dos primeiros destinos do mundo a receber a certificação Safe Travels, promovida pelo Conselho Internacional de Turismo – WTTC (na sigla em inglês), e o país vem trabalhando, junto com empresas do trade local, em um pacote de incentivos e/ou adaptando procedimentos (confira abaixo) para estimular a programação de viagens por parte de brasileiros – seja para fins de lazer, estudo ou trabalho.

Na CVC Corp, um dos maiores grupos de viagens da América Latina, a procura ainda é tímida para fins de lazer, no entanto, uma das marcas do grupo focada em viagens corporativas percebe um aumento no fluxo de brasileiros: somente em agosto, 300 bilhetes aéreos foram comercializados para executivos brasileiros, para embarques nos próximos 90 dias.

Confira como Dubai se preparou para receber novos visitantes:

Incentivo – Como forma de incentivar turistas a irem a Dubai, a Emirates passou a oferecer alguns benefícios aos seus passageiros: por exemplo, clientes da companhia aérea podem fazer testes PCR gratuitamente (para compras realizadas até 20 de setembro e embarques até 31 de outubro). Outra vantagem é que, caso seja diagnosticado com coronavírus durante a viagem, a cia cobre as despesas médicas no valor de até 150 mil euros e ainda oferece 100 euros por dia para os custos de quarentena (máximo de 14 dias). Essa condição é válida para embarques até 31 de outubro de 2020.

A Emirates também tem novos protocolos de segurança a bordo: uso obrigatório de máscara, menus de bordo descartáveis, safety card agora em material lavável, serviço de limpeza intensificado a cada 45 minutos durante o voo – travesseiros, edredons e fones de ouvido passam por rígido processo de higienização e são lacrados individualmente.  Além disso, o ar do avião é renovado o tempo inteiro, com a instalação de novos filtros HEPA. Hoje, a companhia aérea opera no Brasil com 3 voos semanais para Dubai, somente com saídas de São Paulo (GRU).

Protocolos – Para entrar em Dubai, é necessário apresentar teste negativo de PCR (que detecta o coronavírus), realizado, no máximo, 96 horas antes do voo. Os turistas devem preencher um Formulário de Declaração de Saúde antes da partida e também precisam registrar seus dados no aplicativo COVID-19 DXB (disponível para Android e iOS), além de ser necessário viajar com seguro-viagem. Ao chegar no aeroporto de Dubai, caso o passageiro apresente sintomas da doença, será submetido a um segundo teste de covid-19. Se testar positivo, o turista ficará em quarentena por 14 dias. Todos os passageiros que desembarcam no aeroporto passam por medição de temperatura e, durante toda a estada, devem cumprir os procedimentos de segurança, como utilização de máscaras, distanciamento social e higienização frequente das mãos. Mais detalhes podem ser conferidos aqui.

Viagens de Intercâmbio – Alunos que tenham planos de estudar e trabalhar em Dubai, em programas de intercâmbio em 2021, também estão sendo informados pela Experimento Intercâmbio Cultural – agência especializada do grupo CVC Corp – sobre novos protocolos. É permitido que o intercambista trabalhe no horário em que não estiver na escola, para intercâmbios com mínimo de 12 semanas (confira o novo programa educacional aqui).

Webinar – Nessa quinta-feira, dia 10/09, às 10h, a operadora de viagens CVC realiza, junto com o governo e fornecedores parceiros, evento voltado a agentes de viagens credenciados, para apresentar como Dubai está preparado para essa nova fase. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui. Os palestrantes são: Roberto Vertemati (Diretor do Canal Agência da CVC), Karin Lima (Emirates), Cibele Moulin (do governo Dubai) e Thais Machado (Gerente de Produtos Exóticos CVC Corp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui