Por Karina Fusco

Na infância, um gravador que era usado para entrevistar a família já dava indícios de que a comunicação seria a escolha profissional de Cris Ikeda, uma das apresentadoras do programa Mais Caminhos, da EPTV, afiliada da Rede Globo.

O curso de Rádio e TV, em São José dos Campos, foi sua primeira escolha de graduação, mas, logo no início, ela percebeu que preferia trabalhar com conteúdo. Então, sua opção foi cursar Jornalismo na PUC-Campinas, onde se formou em 2010.

A carreira na TV começou em 2011 na TV Século 21, em Valinhos. Como repórter, Cris fez matérias sobre comportamento, variedades e esportes radicais ao longo de três anos. “Depois apresentei o programa Revista de Sábado na TV TEM, de Sorocaba, cobri férias no jornalismo diário da Globo, no Bom Dia São Paulo e SPTV, e fui repórter e apresentadora do programa Reclame, do Multishow”, revela. Nessa experiência na TV paga, teve a oportunidade de acompanhar o Festival de Criatividade de Cannes, na França. “A matéria me rendeu o prêmio Comunique-se na categoria Propaganda e Marketing em 2017”, revela.

De volta para casa

No ano passado, Cris recebeu a proposta da EPTV para trazer seu carisma para o Mais Caminhos, o que significou também a oportunidade de trocar a capital paulista por sua cidade natal. “É um programa que tem a ver com os meus ideais”, revela. Começou em junho como repórter e dois meses depois assumiu a apresentação ao lado de Pedro Leonardo. Desde então, vem conquistando o público. “Às vezes estou em um local público e percebo que as pessoas estão me olhando. Até esqueço que é por causa da televisão”, diverte-se. O carinho dos fãs é interpretado como o retorno do trabalho feito com muito amor e dedicação.

Quando não está gravando, a apresentadora gosta de sair com os amigos e com o namorado, de frequentar bares, shows e teatros e também de praticar esportes. Agitada, é na meditação que ela encontra a tranquilidade. “Em 2012 fiz um intensivo na Índia e desde então conto com essa prática para me acalmar e obter respostas para as minhas dúvidas”, diz.

Aos 32 anos, Cris declara que Astrid Fontenelle, do GNT, e Sandra Annenberg, do Jornal Hoje, são as apresentadoras que mais a inspiram. Ela fala também de seu desejo de aprender mais sobre a linguagem da internet e das redes sociais, mas mantendo a TV como o seu principal foco. “Vivo um momento muito feliz e repleto de realizações”, finaliza.

Cris Ikeda e Leonardo mais caminhos da eptv
Cris e Sandra Annenberg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

18 − nove =