Tradicional loja da Apple na Quinta Avenida, em Nova Iorque - Foto: Divulgação
Tradicional loja da Apple na Quinta Avenida, em Nova Iorque - Foto: Divulgação

A Apple alcançou a marca de 3 trilhões de dólares em valor de mercado, algo em torno de 16,9 trilhões de reais, na atual cotação, se torna a empresa mais valiosa do mundo. Nesta segunda-feira (3), as ações chegaram ao valor recorde de 188,82 dólares por ação. A marca também foi a primeira a atingir um 1 e 2 tris, anteriormente, ou seja, era apenas uma questão de tempo até romper uma nova marca.

De acordo o cálculo feito pelo analista Howard Silverblatt, do tradicional jornal americano The New York Times, a Apple significa 3,3% do valor de todos os mercados de ações mundiais.

DO TAMANHO DE UM PAÍS

Além disso, se a companhia fosse um país, seria uma grande potência mundial, com o quinto maior PIB do mundo. Na sua frente, no quarto lugar, estaria a Alemanha, com 3,8.

FIDELIDADE

Um dos grandes diferenciais da empresa, se não o maior, é a fidelidade que os usuários têm com os aparelhos, que transcende a relação humano x máquina e torna-se íntima. Dentre os diferenciais dos aparelhos estão o desemprenho, interface, sistema operacional e cuidado que a marca tem com o cliente, com o lançamento de outros produtos variados que aumentam a experiência do usuário.

Em decorrência disso, nos dias de lançamento do novo IPhone, formam-se filas quilométricas na porta das lojas ao redor do mundo, especialmente nos Estados Unidos.

HISTÓRIA

Fundada por Steve Wozniak, Ronald Wayne e Steve Jobs, este que, mais tarde, se tornaria presidente e principal rosto da marcada, a empresa de tecnologia começou na garagem de uma casa em 1976 na cidade de Los Altos, na Califórnia. No início, surgiu como uma empresa de computadores com o “Apple I”, que seguiu para o “Apple II”. Posteriormente, a empresa seguiu usando seu sistema operacional exclusivo em outros aparelhos eletrônicos como o IPod, lançado em 2001 e a Apple TV, lançado em 2007.

No dia 29 de junho de 2007, foi apresentado por Steve Jobs e lançado pela empresa o produto que revolucionou o mercado tecnológico: o IPhone. Nomeado de “IPhone Original” ou “IPhone 2G”, o celular fez grande sucesso nos Estados Unidos, Europa e Mercado Asiático, e logo no seu lançamento causou filas de clientes nas portas da loja.

OUTROS PRODUTOS

Além do tradicional IPhone, a marca hoje conta com os computadores (que foi seu produto de origem), IPad, que fez grande sucesso em seu lançamento em 2010, e mais recentemente, em 2014, o Apple Watch, que é um “relógio inteligente”. O produto é conectado ao celular e com isso, possui interatividade com o aparelho, com a possibilidade de atender chamadas, trocar músicas, receber mensagens, marcar batimentos cardíacos, passos dados ao longo do dia, distância percorrida e outras funções específicas e personalizáveis para o usuário.

CURIOSIDADES

Agora que você já sabe mais da empresa mais valiosa do mundo, separamos algumas curiosidades que aconteceram ao longo de sua história.

  • Um dos fundadores vendeu sua parte apenas 12 dias depois da fundação da empresa. Ronald Wayne vendeu sua participação de 10% da empresa por cerca de 2.300 dólares.
  • Steve Jobs foi demitido em 1985 quando as vendas do Macintosh não iam bem, chegando e vender suas ações por 14 dólares.
  • Ao ser contratado novamente, Jobs custou 487 milhões de dólares. Após sua saída no meio da década de 80, ele desenvolveu a NeXT, que mais tarde foi vendida para a Apple por 487 milhões e se transformou no sistema operacional Mac, que é conhecido hoje.
  • A empresa também foi revolucionária nos comerciais de TV de seus produtos. Em 1985, o lançamento do Macintosh foi anunciado durante o intervalo do Superbowl, fazendo grande sucesso.