Sol, mar e piscina. A fórmula que é sinônimo das férias de verão dos brasileiros pode ser, também, um convite para doenças comuns nos meses de temperatura mais elevada. A Campinas Cafe destacou três problemas recorrentes nessa época do ano e como fazer para evitá-los e até detectar os sintomas. Acompanhe. Verão saudável

Intoxicação alimentar

Verão saudável

Sintomas: enjoo, vômito, diarreia, febre e mal-estar.

Como evitar: a temperatura elevada prejudica a conservação dos alimentos, além da exposição dos mesmos, que muitas vezes são consumidos na praia. Para evitar, confira a procedência e evite alimentos à base de leite, que tendem a estragar mais rápido. Em casa, verifique sempre o bom funcionamento da geladeira.

Como tratar: geralmente se resolvem espontaneamente, o importante é manter o corpo hidratado e ingerir alimentos leves.

Desidratação

Verão saudável

Sintomas: letargia, sonolência, prostração (mais comum em crianças e idosos).

Como evitar: a recomendação de ingerir de dois a três litros de água por dia é válida, mas é preciso analisar sempre a perda de líquido de cada pessoa. Em caso de exercícios físicos, por exemplo, os cuidados redobram no verão.

Como tratar: ingestão de líquidos e isotônicos sob recomendação médica, pelas quantidades de sódio que existem na bebida. Em casos graves, é necessário tratar como soro fisiológico intravenoso.

Conjuntivite

Verão saudável

Sintomas: olhos vermelhos, pálpebras inchadas e lacrimejando, secreção.

Como evitar: o clima quente e úmido aumenta a proliferação. Portanto, o ideal é usar alcool gel nas mãos e evitar levá-las aos olhos.

Como tratar: é preciso consultar um médico para verificar o tipo de conjuntivite. Na bacteriana, o tratamento é feito com antibiótico. Na viral, é necessário apenas tratar os sintomas com compressas geladas nos olhos com soro fisiológico. Verão saudável

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui