A noite da última sexta-feira, 22 de março, foi emocionante para quem assistiu ao show da Banda Melim com a Orquestra Rock. Mas, para o pequeno Gabriel Magalhães de apenas 12 anos será inesquecível. Em janeiro deste ano, o paciente do Centro Infantil Boldrini fez uma bela homenagem ao hospital que completou 41 anos de atendimento.

Show da Banda Melim
Banda Melim e Gabriel Magalhães

Natural de Palmas, no Tocantins, e morando em Campinas para receber tratamento, o cantor mirim criou uma paródia da música “Meu Abrigo”, sucesso da banda Melim e teve a oportunidade, não só de conhecer os artistas, que tanto gosta, quanto de dividir o palco com eles.

Show da Banda Melim

Além deste encontro, a plateia estava recheada de fãs muito especiais. Pela primeira vez na região, foram distribuídos convites para a comunidade surda que contou com a acessibilidade em libras, língua interpretada por Maurício Gut e Letícia Navero. Para que isso fosse possível, os intérpretes receberam todo o repertório com antecedência para que pudessem estudar as traduções das músicas em português e, ainda, traduzir para a Libras, a língua visual dos surdos.

Show da Banda Melim
Letícia Navero, intérprete de Libras

A comunidade de Campinas e região também fez bonito ao apoiar a causa e se entregar no coro de músicas de sucesso da Banda Melim como “Meu Abrigo” e “Ouvi Dizer”, que ganharam um toque especial com a melodia da Orquestra Rock.

Show da Banda Melim
A paciente Júlia Moreno Faria, Luciana Maldonado, superintendente do Centro Infantil Boldrini, o paciente Gabriel Ferreira, e as pacientes Emanuelle Farias e Natália Rébulo

Representando o Centro Infantil Boldrini, a superintendente do Hospital, Luciana Maldonado, elogia a ação do evento inclusivo e reconhece o apoio do público presente. “Em nome do Centro Infantil Boldrini agradecemos mais uma vez a participação da comunidade em apoiar e participar do Projeto Arte do Bem que nos ajuda a garantir um atendimento de qualidade para nossos pacientes. Muito obrigada”, afirma Luciana.

Fotos: Andrea de Lima, @deadelima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui