Segundo a revista “The Hollywood Reporter” os prêmios das categorias de fotografia, edição, curta-metragem, live-action e maquiagem e cabelo serão entregues nos intervalos comerciais da premiação, diferentemente do que ocorreu em edições anteriores.

O objetivo, segundo a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, é para tornar a premiação mais enxuta e conter a queda de audiência que vem sofrendo nos últimos anos. A ideia é entregar 24 prêmios em apenas três horas.  

O anúncio dos cortes recebeu críticas por parte da produção cinematográfica. Guillermo Del Toro, que levou os prêmios de melhor filme e melhor diretor em 2018 com “A Forma da Água”, criticou a decisão da Academia de excluir as categorias de fotografia e edição. “Fotografia e edição são a alma do nosso ofício. Elas não são herdadas do teatro ou da literatura: elas são o cinema em si”.

O diretor da Academia, John Bailey, afirma que os prêmios das quatro categorias serão exibidos online e que no próximo ano terão seus lugares garantidos na TV. Há também a possibilidade de que os discursos dos vencedores sejam exibidos mais tarde durante a premiação.

O Oscar 2019 acontece dia 24 de fevereiro a partir das 22h. Clique aqui para saber os indicados a premiação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

3 + 6 =