Por Carla Bianco

Designer de Interiores pela Arquitec e formada em Publicidade e Propaganda pela PUC – Campinas.
@cacabianco

Do rústico e manual ao processo industrial, as tramas estão em alta no decor. O termo da tecelagem, conhecido como “trama”, nada mais é que um conjunto de fios dispostos em uma peça. Para criar uma representação mais concreta, pense nas tramas que aparecem de forma natural no meio ambiente ou no artesanato, como a clássica teia de aranha e as redes de pescadores. Na decoração, os itens vão explorar esse recurso, que é exatamente o espaçamento entre os fios.

As tramas artesanais conferem um toque criativo e singular ao décor, o que proporciona aconchego e estilo ao ambiente. A confecção é realizada a partir das mais diversas matérias-primas, como cipó, palha, bambu, fibras naturais ou sintéticas.

As técnicas são do tempo da vovó, mas o efeito é atualíssimo. Macramê, crochê e tramados geram peças que levam a vibração do “handmade” ao decor.

“É uma evocação do passado e do futuro, com objetos de memória afetiva em uma releitura visionária”, explica a marca Missoni em sua instalação na via Soferino em Milão, intitulada como “Home Sweet Home”, para resgatar a preciosidade do artesanato no design de interiores.  O resultado é envolvente, sensorial, colorido e leve.

Estão usando e abusando das tramas na decoração. Tem tapete tramado, suporte para plantas em macramê, móveis para áreas externas, poltronas, colares de mesa, pendentes, almofadas, além disso os fios estão em alta, e eu adoro!! E você, o que acha?

Use e abuse de diversas maneiras!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui