O Instagram está presente na vida da maioria das pessoas. E para quem usa a rede social como trabalho, é uma importante ferramenta, já que além de ser um ótimo canal de relacionamento com o público, ele aumenta a visibilidade. Por isso, é preciso ficar atento a tudo que você faz na rede para sua conta não levar “shadowban” e seu engajamento cair.

A especialista em vendas nas redes sociais Camila Silveira explica que a palavra shadowban pode ser traduzida como “bloqueio fantasma” e trata-se de uma ação de bloqueio do Instagram que impede o desempenho das postagens de forma não explícita.

“Ou seja, um Shadowban acontece quando um usuário é penalizado no Instagram, mas ele não sabe disso. No Instagram, acontece quando seu conteúdo deixa de aparecer em feeds de hashtags, de localização ou até mesmo na aba explorar. Dessa forma, seus posts só aparecem para as pessoas que já te seguem, o que pode diminuir bastante o alcance e a conquista de novos públicos. Isso faz com que o uso de hashtags estratégicas e localizações caia por terra totalmente, já que ninguém novo vai ser atingido pelos seus posts. Por outro lado, para o Instagram faz sentido que isso ocorra com alguns perfis porque muitos deles se utilizam de técnicas impróprias para expandir os números como bots, automações e hashtags irrelevantes, que não necessariamente têm relação com o conteúdo postado. O que acaba prejudicando a experiência dos usuários, última coisa que o Instagram quer”, pontua.

Camila cita 4 maneiras para você descobrir se sua conta foi afetada pelo shadowban

  1. Faça uma publicação no perfil que você desconfia que sofreu shadowban;
  2. Na publicação, utilize uma das hashtags que você usa frequentemente (opte por uma que não seja tão grande porque pode ser difícil de avaliar se o post foi escondido pelo shadowban ou pela competição da tag);
  3. Peça para que cinco perfis que não te seguem pesquisar pela hashtag que você usou na publicação;
  4. Veja se você está aparecendo para as pessoas nesse feed de hashtags.

E depois?

Se algumas dessas contas conseguem ver seu post, pode ficar tranquilo. Você só está passando por uma queda de engajamento.

Por outro lado, se seu post não apareceu nas pesquisas de nenhum desses perfis, sua conta realmente pode ter sofrido shadowban.

Camila afirma que contas que contas que se beneficiam de práticas indevidas para conseguir mais seguidores, curtidas e engajamento são reconhecidas e penalizadas pelo Instagram. Ela cita alguns exemplos de ações indevidas na plataforma que causam o Shadowban:

“Compra de seguidores ou curtidas; uso de bots para interação; uso de hashtags irrelevantes ou que nada têm a ver com o conteúdo apenas com o intuito de promover maior alcance”, elenca.

Cuidado com as hashtags

Ela aconselha o internauta a fazer uma pesquisa das hashtags que pretende usar antes de publicar. Veja se elas estão funcionando normalmente.

“Tenha cuidado com a quantidade e o tipo de hashtag que usa. O próprio Instagram recomenda uma média de 5 hashtags por postagem, sendo um máximo de 30. Ultrapassar essa quantidade pode levantar suspeitas de que estão sendo usadas apenas para conseguir mais alcance, podendo atrapalhar os usuários na hora de fazer uma pesquisa. Um exemplo de hashtag que era bastante utilizada é a “#sextou”, que faz referência ao fato de que a sexta-feira chegou, ou mesmo a algum evento legal na sexta, como sair com os amigos. Ela foi banida do Instagram porque faz alusão a uma outra hashtag em inglês que também se escreve “#sextou”, mas que se pronuncia “sex to you”. Muitas contas estrangeiras passaram a utilizar a hashtag para publicação de vídeos e imagens de conteúdo sexual, prática que vai contra às diretrizes do Instagram”, destaca.

A especialista conta que o Instagram nunca admitiu publicamente que faz o “shadowban”. Mas emitiu uma declaração abordando o problema que os usuários estavam tendo com publicações que não apareciam para determinadas hashtags. “No fim das contas, ficou parecendo uma confirmação, só que com outras palavras”, completa.

Como reverter?

Dê um tempo da rede social, saia da sua conta e espere cerca de 24 a 48 horas para logar novamente. Saia também de outros dispositivos como computador e tablet. Essa é uma tentativa para fazer com que o Instagram pare de rastrear a sua conta.

Outra dica é trocar o tipo de conta. Provavelmente, a sua é comercial ou de produtor de conteúdo. Troque para uma conta pessoal e só depois de algum tempo, retorne para a que tinha antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui