Doani Emanuela Bertan - Foto: Mattel

Ao lado de outras 11 mulheres com destaque em suas trajetórias, a brasileira que já foi finalista do Prêmio Nobel de Educação em 2020, fez história novamente e entrou para o seleto grupo da coleção “Barbie Role Models”, que tem o propósito de inspirar mulheres mundo afora. Doani tem 49 anos, se dedica à educação para crianças surdas e há quatro anos criou um canal no YouTube para facilitar o conteúdo e abranger um público maior.

A iniciativa foi fruto de uma adversidade: os alunos surdos da escola em Campinas que ela trabalhava receberam livros didáticos convencionais, ou seja, escritos apenas em português. Diante do problema, a professora teve a ideia de criar um conteúdo que contemplava todos os alunos.

“Ver meus alunos com materiais que não entendiam foi um dos desafios que encontrei em todos estes anos como professora de surdos. É como se nós, falantes de português, recebêssemos um material escrito em Alemão”, em declaração ao UOL.

Atualmente, o canal “Sala 8” possui mais de 14 mil inscritos e fez com que a professora começasse a receber os devidos créditos pelo serviço prestado à toda comunidade, ela também leciona matemática, geografia e ciências. Em 2020, foi finalista do Prêmio Global Teacher Prize, considerado o Nobel da Educação.

“Estamos em uma sociedade feita para a maioria, em que a minoria recebe uma adaptação, mas sabemos que tudo que é adaptado não sai como deveria ser. Precisamos que a nossa sociedade possa ser pensada e planejada para todos. Não é impossível”, revela também em entrevista ao UOL.

Atualmente, Bertan faz parte do Centro de Mídias da Secretaria Estadual da Educação.

O projeto

Lançado em 2015, o projeto criado pela Mattel, marca que detém os direitos e que produz as bonecas Barbie, tem a missão de sempre homenagear 12 mulheres ao redor do mundo que contribuem para a sociedade, cada uma na sua área e especificação. Desde o surgimento, três brasileiras além de Doani receberam a honraria: a surfista de ondas grandes Maya Gabeira em 2019, a biomédica Jaqueline Goes e a artista IZA em 2021.

“Sabemos que as crianças são inspiradas pelo que veem ao seu redor e é por isso que é tão importante que elas se vejam refletidas em modelos que superaram obstáculos e se tornaram as mulheres corajosas que são hoje”, afirma Lisa McKnight, vice-presidente sênior e chefe global de Barbie e bonecas da Mattel.

A Barbie de Doani – Foto: Mattel

Confira a lista de todas as mulheres que foram homenageadas em 2022:

– Adriana Azuara (México): Fundadora da All4Spas

– Ari Horie (Estados Unidos/Japão): Fundadora e CEO da Women’s Startup Lab e Women’s Startup Lab Impact Foundation

– Butet Manurung (Indonésia): Fundadora e Diretora da SOKOLA

– Doani Emanuela Bertain (Brasil): Professora e fundadora da Sala 8

– Jane Martino (Austrália): Presidente e cofundadora da Smiling Mind

– Lan Yu (China): Estilista de Moda

– Lena Mahfouf (França): Criadora digital, cinegrafista e autora de ‘Always More’

– Melissa Sariffodeen (Canadá): CEO e cofundadora do Canada Learning Code e Ladies Learning Code

– Pat McGrath (Reino Unido): Maquiadora e fundadora do Pat McGrath Labs

– Sonia Peronaci (Itália): Fundadora do site de comida italiana ‘GialloZafferano’;

– Shonda Rhimes (Estados Unidos): Fundadora da American Television Production Company Shondaland;

– Tijen Onaran (Alemanha): CEO e fundadora da Global Digital Women e cofundadora da ACI Diversity Consulting

A história de Doani Emanuela Bertan é a história de uma brasileira apaixonada pela educação e especialmente pela inclusão, que mesmo diante das dificuldades e das adversidades, manteve o foco no seu objetivo e trabalhou muito para alcança-lo. Que a história dela e de tantas outras mulheres, seja brasileira, estrangeira, famosa ou anônima sirva de inspiração nessa data que é tão simbólica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui