Com sede em Campinas, a Enforce, ligada ao BTG Pactual, anunciou nesta segunda-feira, sua entrada no mercado de imóveis retomados pelos bancos por falta de pagamento. Apenas neste ano, a empresa deverá desembolsar cerca de R$ 1 bilhão para compra das carteiras das instituições financeiras.

A Enforce é especializada em aquisição de imóveis estressados – com pendências financeiras e regulárias, que são regularizados e vendidos ou transformados em empreendimentos imobiliários e comercias posteriormente.

De acordo com o BTG, este novo negócio vem sendo estruturado desde o meio do ano passado. E trata-se de um mercado com grande potencial, uma vez que somente Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander, Itaú e Banco do Brasil — têm atualmente em carteira o equivalente a R$ 18,7 bilhões em imóveis pulverizados, de acordo com o jornal Valor Econômico. Desse total, quase 62% são da Caixa. A quantidade de unidades espalhadas nas cinco instituições supera 102 mil.

Enforce

A direção da Enforce mapeou cerca de 5 mil imóveis na carteira desses bancos e que serão os primeiros a serem adquiridos. O valor de mercado dessas propriedades é da ordem de R$ 1,25 bilhão.

A Enforece conta, atualmente, com cerca de 400 unidades próprias em seu portfólio — há ainda outros quase 1.700 relacionados a processos de recuperação de crédito, cujos direitos foram adquiridos pela companhia do BTG.

A empresa já investiu mais R$ 22 milhões desde que foi adquirida pelo BTG Pactual, em 2016. Hoje, faz a gestão de um total de R$ 35 bilhões em créditos estressados e imóveis e se transformou em uma das principais nesse ramo em toda a América Latina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

4 − um =