Publicidade

Nos dias 24, 25 e 26 de abril, dez escritores da casa participarão do festival “Na Janela”, uma série de conversas online sobre literatura brasileira. Com mediação de importantes nomes da produção de conteúdo sobre literatura, o bate-papo terá como tema norteador as múltiplas janelas de possibilidades da ficção nacional, suas ramificações, estilos e potências. O festival será transmitido por meio de lives no canal no YouTube . O festival “Na Janela”, possui participação  livre e os leitores poderão contribuir com perguntas.

festival "Na Janela"

Confira abaixo a programação completa!

  • 24 de abril, às 17h

Jarid Arraes nasceu em Juazeiro do Norte, na região do Cariri (CE), em 1991. Escritora, cordelista e poeta, é autora dos livros Redemoinho em dia quente, Heroínas negras brasileiras e Um buraco com meu nome. Atualmente vive em São Paulo, onde criou o Clube da Escrita Para Mulheres. Tem mais de 70 títulos publicados em Literatura de Cordel.

Paulo Scott nasceu em Porto Alegre em 1966. Escritor e professor universitário, publicou dez livros, sendo Marrom e amarelo (2019) o mais recente. Recebeu os prêmios Machado de Assis da Fundação Biblioteca Nacional, APCA, Açorianos de Literatura, entre outros.

  • 25 de abril, às 15h 

João Silvério Trevisan é autor, entre outros, dos romances Pai, PaiA idade de ouro do Brasil e do já clássico estudo multidisciplinar Devassos no paraíso. Recebeu três vezes os prêmios Jabuti e APCA. Sua obra já foi traduzida para o inglês, alemão, espanhol, polonês e húngaro.

Natalia Borges Polesso é pesquisadora, escritora e tradutora. Publicou, entre outros, Amora (2015), vencedor do Prêmio Jabuti, Controle (2019) e Corpos secos (2020). Atualmente, é pesquisadora do Programa Nacional Pós Doutorado, na Universidade de Caxias do Sul. Natalia tem seu trabalho traduzido para diversos países.

  • 25 de abril, às 17h 

Carol Bensimon publicou seu primeiro romance, Sinuca embaixo d’água, em 2009. É também autora de Todos nós adorávamos caubóis (2013) e O clube dos jardineiros de fumaça (2017), esse último vencedor do Prêmio Jabuti de Melhor Romance e finalista do Prêmio São Paulo de Literatura.

Michel Laub nasceu em Porto Alegre, em 1973, e vive em São Paulo. Publicou seis romances, todos pela Companhia das Letras, entre eles Diário da queda (2011) e O tribunal da quinta-feira (2016). Seus livros saíram em 13 países e 10 idiomas.

  • 26 de abril, às 15h

Luisa Geisler é escritora, tradutora e mestre em Processo Criativo. Escreveu Luzes de emergência se acenderão automaticamente (2014), De espaços abandonados (2018), Enfim, capivaras (2019) e Corpos secos (2020). Foi finalista do Jabuti, vencedora do Prêmio Açorianos e do APCA, além de duas vezes vencedora do Prêmio SESC.

Miguel Del Castillo nasceu no Rio de Janeiro, em 1987, é autor do livro de contos Restinga e do romance Cancún (Companhia das Letras, 2015 e 2019). Foi editor da Cosac Naify, do site da revista ZUM e atualmente é curador da Biblioteca de Fotografia do Instituto Moreira Salles.

26 de abril, às 17h

Ana Paula Maia nasceu no Rio de Janeiro. É autora de sete romances, entre eles Assim na terra como embaixo da terra e Enterre seus mortos. Tem contos publicados em diversas antologias, entre elas 25 Mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira (2004) e Sex´n´Bossa (Itália, 2005).

Daniel Galera nasceu em 1979 e vive em Porto Alegre. É autor de cinco romances, entre eles Barba ensopada de sangue e Meia-noite e vinte, traduzidos para vários idiomas. É tradutor de literatura contemporânea em inglês, de autores como John Cheever, Zadie Smith e David Foster Wallace.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui