Por Mariana Arruda

Em meio à multidão colorida, o paulistano Breno Soares avistou um pequeno vulto, que se espremia entre as 65 mil pessoas que se reuniram em Ribeirão Preto para assistir aos shows no Festival João Rock. “Ele se esquivava até que entrou entre algumas ferragens”, explica o publicitário sobre o momento que resgatou com ajuda de sua noiva o pequeno pet. “Peguei no colo e ele me abraçou. E, a partir dali, não me soltava por nada. Foi o abraço mais verdadeiro e longo da minha história”, completa.

festival

Com o pet, Breno e Beatriz Isima saíram do festival e partiram em busca da família do cachorro. Sem sucesso, acionaram moradores locais, policiais, veterinários, pet shops e ONGs. “Até tentamos achar alguns parentes de amigos que moravam por lá, mas não rolou”, conta. Assim, os três seguiram para a rodoviária, onde conseguiram partir em direção à capital.

Inspiração e homenagem

festival

O pet de oito meses de vida foi batizado como João em homenagem ao festival que uniu a família. “Sem palavras para o que aconteceu. Ele é um anjo. Conhecemos ele no melhor lugar possível!”, explica. E, advinha! O cão ganhou uma página no Instagram, onde posta sobre os novos capítulos dessa história emocionante. “Criamos uma conta pra ele, o @joãorock_thedog, porque acreditamos que isso pode ajudar muitos outros dogs como ele”, explica.

O João Rock

A 18ª edição do festival contou com apresentações de 23 artistas em mais de 13 horas de shows simultâneos. Entre as apresentações estavam Scalene; Zeca Baleiro; Paralamas do Sucesso; Pitty e Marcelo D2.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui