O alpinista Rodrigo Raineri,  único brasileiro a ter escalado como guia as sete mais altas montanhas dos sete continentes e que também formou com Vitor Negrete, a única dupla brasileira a ter escalado a temida face sul do Aconcágua, uma das escaladas mais difíceis do mundo, acaba de chegar ao acampamento base do Monte Everest, no Nepal, para concluir a segunda etapa do Projeto Everest 2019. O percurso de trekking durou dez dias e teve início na cidade de Lukla a 2.800m de altitude, depois passou por Namche Baazar, a 3.500m de altitude, até chegar a Lobuche, a 4950m de altitude.

A chegada do alpinista e seus companheiros de viagem, o médico e montanhista Mauro Chies e o cinegrafista Júlio Blander ao acampamento base do Monte Everest, marca o início da terceira fase do Projeto Everest 2019, quando Raineri intensifica o processo de aclimatação, subindo e descendo parte da montanha várias vezes para a adaptação do corpo à altitude.

 

Rodrigo Raineri

Raineri pretende escalar o Lobuche East, uma montanha de mais 6.000m antes de rumar ao Everest e fará também uma etapa de descanso numa área mais baixa com menor altitude antes da escalada final até o cume da montanha. Na quarta-fase do projeto, que é a etapa de maior expectativa, o alpinista fará o ataque ao cume do Everest e o voo solo inédito de parapente. E na quinta e última fase, Raineri encerra a expedição e retorna ao Brasil.

Para Rodrigo, o objetivo da expedição é encarar um desafio inédito em sua carreira, que ao atingir o cume do Everest, o alpinista fará um voo solo de parapente do topo à base, um feito jamais realizado e registrado por outros alpinistas; Além disso, Raineri está aproveitando esta oportunidade para divulgar e incentivar a prática da escalada esportiva, modalidade que será considerada um esporte olímpico nos jogos de Tóquio em 2020.

Sobre Rodrigo Raineri

Rodrigo Raineri

Nascido em Ibitinga –SP e formado em Engenharia da Computação pela UNICAMP, o alpinista, empresário, palestrante e escritor Rodrigo Raineri possui 30 anos de experiência em rocha, gelo e alta montanha. Consagrado como o único brasileiro a escalar a temida face sul do monte Aconcágua, Raineri já realizou dezenas de projetos e expedições de montanhismo, dentre os quais destacam-se também a escalada e decolagem do Mont Blanc (França) e a chegada ao cume do Kilimanjaro (Tanzânia). Raineri é o único brasileiro a ter liderado como guia as sete maiores montanhas de cada continente no conhecido Projeto Sete Cumes. 

Na próxima edição da revista Campinas Cafe você poderá conferir a entrevista exclusiva com o alpinista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

5 × 5 =