Cuidar da saúde dos fios é de importância para todos, mas os cuidados redobram quando a alimentação é vegetariana ou vegana. Carnes, ovos, leites e derivados são importantes fontes de aminoácidos, principal constituinte dos fios, mas a ausência de proteínas animais no dia a dia não têm necessariamente como consequência cabelos sem vida. Para os vegetarianos, o consumo de alimentos saudáveis em quantidades adequadas para o organismo que vão deixar o cabelo com boa aparência.
O tricologista João Gabriel Nunes explica que as principais carências na dieta dos vegetarianos, tanto homens quanto mulheres, são as vitaminas do complexo B, principalmente a B12. Também, as proteínas, zinco, magnésio, ferro e ômega 3, que deixam o cabelo mais quebradiço. “O fio não vai ter uma estrutura tão forte quanto a de pessoas que têm esses nutrientes em excesso no sangue, que são absorvidas pela raiz do cabelo e transparecem no fio”, explica João.

alimentação vegetariana cuidados

Em alguns casos, o cabelo nem sempre piora, mas é possível notar uma alteração na elasticidade natural do fio. “É necessário reforçar que por ter essa menor elasticidade, menor força de tração, não é recomendado que as pessoas utilizem produtos químicos que não são aprovados, evitar usar alisamento de formol e, principalmente, tinturas com amônia”, detalha Nunes.
O ideal é que seja realizado um exame de sangue para verificar se todas as vitaminas no sangue estão supridas e se não há nenhuma deficiência importante. Com base nos resultados, é feita uma programação de que tipo de vitamina essa pessoa pode consumir para driblar essa carência, que pode diminuir o ciclo do cabelo. Dessa forma, os fios têm uma vida útil mais curta e menor volume capilar, ficando mais fraco e fino.

alimentação vegetariana cuidados

Dependendo da deficiência, é possível corrigir apenas com a alimentação. “Não importa se a pessoa é vegetariana ou não, o importante é que todos os nutrientes estejam equilibrados”, diz João. Alguns alimentos fontes de vitaminas que favorecem a saúde dos cabelos são nozes, castanhas e mostarda, ricos em zinco e selênio que também estão presentes em peixes e frutos do mar.
Além de uma dieta balanceada, existem vitaminas prontas que servem como suplemento para os cabelos, em cápsulas com uma tecnologia nanosferizada, que possuem uma absorção maior. “Nela, há todas as vitaminas que o cabelo precisa, assim a pessoa não precisa ter uma alimentação 100% diversificada e balanceada”, explica Nunes.
O doutor ressalta que o mais importante é verificar se a dieta está comprometendo alguma coisa na corrente sanguínea e que, por isso, é importante fazer exames de 6 em 6 meses ou uma vez por ano para checar a saúde dos fios. Para as mulheres, a reposição do ferro é fundamental pois esse nutriente é muito requerido na menstruação. É importante o consumo diário de alimentos ricos em vitamina C, como laranja e leguminosas, oleaginosas e cereais integrais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

16 + seis =