por Lucas Estevam
Professional Traveler & Lifestyle Blogger
www.estevampelomundo.com.br

 

Casa Rosada e a Praça de Mayo

UMA METRÓPOLE FASCINANTE, A CAPITAL DA ARGENTINA ATRAI MUITOS BRASILEIROS E OFERECE CULTURA, VARIEDADE DE PASSEIOS E AMPLAS OPÇÕES PARA DESFRUTAR A NOITE PORTENHA.

 

PUERTO MADERO

Mais perto que muitos destinos aqui do Brasil, a Argentina tem atraído cada vez mais brasileiros durante o verão. Famosa pelo seu ar europeu em plena América Latina, lá o sol brilha até às 22h e os cafés e parques ficam cheios de locais e turistas em busca do melhor da estação.

Porém, se você acha que curtir o verão na capital argentina é para poucos, é aí que você se engana. Várias vezes, encontrei passagens mais baratas entre São Paulo e Buenos Aires do que de São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo. Ou até de voos para o norte e o nordeste, que costumam ser mais caros do que chegar à terra dos germanos.

Apesar dos altos preços no Brasil, devemos aproveitar para conhecer uma cidade, que fica a menos de duas horas e meia daqui.

Puerto MaderoMarina em Puerto Madero

 

TRADIÇÃO VIVA EM CADA ORNAMENTO

Começar seu passeio por Puerto Madero e tomar um gelato na conhecida Freddo é fundamental para começar a sentir um pouco do verão portenho. De lá, você pode seguir para a Rua Florida, e almoçar no El Gran Café (que funciona, até mesmo, no dia 31 de dezembro) – as empanadas são sensacionais. Aí, chegou a hora de rodar pela Galerias Pacífico, e entender o que é de fato um belo centro comercial. Aqui, a arquitetura chega a ser mais interessante que as lojas, mas caso você busque bons preços, a Argentina oferece um ótimo custo-benefício (principalmente para homens).

Saindo da Galerias Pacífico, siga a caminho da Rua Florida, com um destino estabelecido: La Casa Rosada. Além de curtir a arquitetura do cartão postal argentino, aproveite para visitar o museu e, ainda, conhecer mais da Praça de Mayo, um lugar que mistura sorrisos e sofrimento do povo argentino, onde todas as quintas-feiras (religiosamente) as Madres de Mayo caminham em círculos em busca de uma resposta sobre seus filhos, que sumiram durante a ditadura e nunca mais apareceram.

Galerías Pacífico

El Grand Cafe

Galerías Pacífico, táxi argentino e o famoso sorvete Freddo

 

 

 

O QUE FAZER?

Nesta cidade, os táxis são extremamente baratos. Então, nem hesite em pegar um desses para ir ao famoso bairro da Recoleta. Visite o cemitério, onde Evita foi sepultada, e aprecie a arte e os detalhes do local. Curta as feiras de artesanato e, ainda, aproveite para levar um souvenir original! A Recoleta é um bairro muito tradicional e várias pessoas bacanas passam por lá. Sendo assim, recomendo curtir seu final de tarde na La Biela, onde você pode pedir um bom jantar, um café ou curtir um bom espumante ou vinho argentino. Não esqueça também de visitar a Feira de San Telmo, tirar uma foto com a Mafalda, fazer fotos divertidas no Caminito e, ainda, visitar o museu de Evita, caso tenha tempo nos próximos dias.

 

VIDA NOTURNA

A noite é realmente agitada principalmente nos meses de janeiro e fevereiro (os Argentinos costumam sair de Buenos Aires durante o Réveillon). Para jantar, a região de Puerto Madero é cheia de boas opções, com preços bem atraentes. Porém, se a ideia for agitar sua noite, existem várias casas noturnas, como a própria Asia de Cuba em Puerto Madero, a Pacha, Museum After Office, Ink e outros, que conto em detalhes lá no blog, ou no meu Instagram. Se tiver dicas bacanas sobre a Argentina, e quiser compartilhar com a gente, envie-as lá no blog também!

 

Dica de compras:

Os outlets, que ficam em torno da esquina das calles gurruchaga con calle aguirre, têm marcas muito boas, e ótimos preços.

 

Comer e curtir:

O bairro Palermo possui excelentes bares e restaurantes. A dica é a região ao redor da Plaza Armenia.

 

Detalhes de Buenos Aires

Tags