Quem resiste aos olhos pidões dos cãezinhos quando sentem o cheio da nossa comida?  As vezes, a tentativa de agradar o pet é perigosa. Os animais possuem características de metabolismo muito diferentes em relação aos humanos e a maior parte dos erros estão exatamente na falta de conhecimento dessas particularidades. Para montar uma dieta caseira para o pet, o dono deve procurar um Nutricionista Veterinário, que estudará cada caso e incluirá na dieta os nutrientes necessários de acordo com a raça, porte e idade. Conheça os alimentos proibidos para o seu pet!

 

NÃO PODE!

Chocolate – pode causar intoxicação com vômitos e diarreia, taquicardia, espasmos e convulsões.

Carambola – sobrecarrega os rins e contribui para a formação de cálculos e pedras.

Massa de pão – pode causar dor e desconforto pela distensão do estômago ou alças intestinais.

Cebola e alho – danifica as células vermelhas eprovoca um tipo grave de anemia.

Macadâmias – causam fraqueza, depressão, vômitos, tremores, hipertermia e letargia.

Batata comum – pode deprimir o sistema nervoso central e provocar transtornos gastrintestinais.

Casca e folhas de abacate – intoxicação com vômitos, diarreia e alterações cardíacas.

Uvas e passas – podem causar insuficiência renal irreversível e até óbito.

Bebidas alcoólicas – danos ao nível do sistema nervoso, desorientação, letargia, falta de coordenação motora, diarreia, vômitos, dificuldades respiratórias, tremores, convulsões e até coma.

Pêssego e ameixa – o problema principal está no caroço, que se for engolido não só pode obstruir os intestinos, como causar intoxicação/envenenamento por cianeto.

 

Dicas do DR. Orlando Moraes de Burgos Neto –

Médico Veterinário e fundador do Panda Centro Veterinário

Rua dos Expedicionários, 1.011 – Sousas – Campinas/SP

Tags